Benfica foi líder... à condição e por pouco tempo (3-1)



O Benfica foi o primeiro grande a entrar em ação nesta 19.ª jornada da Liga NOS e no final do seu respetivo jogo, ascendeu até à liderança (se bem, que provisoriamente) - acabando por perdê-la, na mesma noite.


Rui Vitória ultimou o regresso de Gaitán; Fejsa foi ausência

         O técnico encarnado contou com Gaitán no banco de suplentes (acabou por ser aposta na segunda parte). Nélson Semedo, que foi titular no último jogo para a Taça da Liga (diante o Oriental), ficou no banco e recebeu o prémio de melhor jogador Jovem do mês de dezembro. 
         Raúl Jiménez foi remetido para o banco, comparando com o último onze para o campeonato nacional, alinhando com Mitroglou ao lado de Jonas.


Benfica adiantou-se cedo no marcador

         Logo no primeiro minuto, Artur, jogador do Arouca, introduziu a bola na baliza de Júlio César, mas o jogo já estava interrompido por fora-de-jogo de Roberto.
         Entretanto, foi preciso esperar apenas três minutos após o início do desafio, para o Benfica mexer com o marcador - Pizzi surgiu solto de marcação na área do Arouca, aproveitando assistência de Jonas para fazer o primeiro tento do Benfica na partida.
         Aos 19 minutos, um golo de levantar os mais de 50 mil espetadores presentes no Estádio da Luz - calcanhar de Mitroglou com classe, a surpreender Bracali e consequentemente, a fuzilar a baliza do Arouca.

Confrontos nas bancadas da Luz

         Ao que tudo indica, devido à procura de legalização, elementos da claque dos No Name Boys envolveram-se em confrontos físicos entre si, ainda no decorrer da primeira parte, obrigando à intervenção policial.

Arrefeceu o segundo tempo

         Com o resultado praticamente feito, o Benfica entrou na segunda parte algo descontraído e não em busca de golos, mas de maneira natural, surgiu o terceiro - Mitroglou fez o trabalho todo, mas Jonas retirou o "pão da boca" ao grego, fazendo ele o terceiro tento do Benfica no encontro, e primeiro da sua conta pessoal, aos 68 minutos.
         O Arouca, com o terceiro golo sofrido, acordou e perante isso, obrigou Júlio César à sua primeira grande intervenção no jogo, aos 77 minutos.
         Até que, já em tempo de compensação, o Arouca acabou por marcar o tento inaugural no jogo - canto cobrado com Velázquez a superiorizar-se a Lisandro e cabeceando certeiro para o fundo das redes encarnadas.


Benfica ascendeu ao primeiro posto... mas não por muito tempo

         Com o Sporting a entrar em campo pouco tempo depois de os encarnados finalizarem o seu respetivo encontro, o Benfica subiu até à liderança, mas acabou por perdê-la passado nem duas horas, depois da vitória do Sporting na Mata Real, diante o Paços de Ferreira por três bolas a uma.
         Assim sendo, mantém-se tudo na mesma na frente da Liga NOS, visto que a par de Benfica e Sporting, Porto também venceu.


0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.